Santa Cruz bate recorde negativo ao sofrer terceiro rebaixamento seguido

Michel Lima/Editoria de Arte

A Cobra Coral desceu três divisões desde 2006

O Santa Cruz conseguiu um feito inédito na história do futebol brasileiro: ser rebaixado por três anos consecutivos. O time pernambucano, que estava na Primeira Divisão em 2006, jogou a Segundona em 2007 e a Terceirona neste ano. Com uma campanha ruim, não conseguiu ficar entre os 20 que disputarão a reformulada Série C do ano que vem. Sobrou para ele a recém-criada Série D – isso se conseguir se classificar, segundo critérios que ainda serão adotados pela Federação Pernambucana.

O rebaixamento foi confirmado nesta quarta-feira, a uma rodada do fim da segunda fase, com a goleada do Caxias sobre o Brasil de Pelotas.

– Era mais fácil chover dois meses no sertão do que o Santa Cruz sair dessa – resignou-se o volante Alexandre Oliveira, ao saber do resultado em Caxias do Sul.

O Santa Cruz, fundado em 1914, já conquistou o Campeonato Pernambucano 24 vezes (mais do que o Náutico, que tem 21 títulos, e menos do que o Sport, com 37). O time ocupa a 21ª colocação do ranking da CBF, logo à frente do rival Náutico, que está na Primeira Divisão.

Queda livre tem sido freqüente no Brasileirão

Despencar da Primeira para a Terceira Divisão em apenas dois anos tem sido freqüente no Campeonato Brasileiro. A maldição nos últimos anos começou com o Criciúma, que foi rebaixado em 2004 e em 2005. O segundo foi o Paysandu, com quedas em 2005 e 2006. O Santa Cruz passou pelo mesmo processo e ainda deu azar de ver o poço ficar mais fundo, com a criação da Série D.

Dois times podem manter a fila andando. Paraná e América-RN, que deram adeus à elite em 2007, estão mal na Série B deste ano. O primeiro já está entre os quatro últimos colocados (em 18º lugar), e o segundo tem boas chances de entrar na zona de rebaixamento na noite de sexta-feira.

Reprodução/Reprodução

Site do Santa exibe mensagem de apoio após o rebaixamento no ano passado

Apenas a partir de 2001 o Campeonato Brasileiro viu se estabilizarem o sistema de rebaixamento e a disputa em três divisões. Antes disso, era comum a competição não ter times rebaixados ou sofrer viradas de mesa. O Fluminense, assim como acontece agora com o Santa Cruz, também teve três rebaixamentos seguidos (1996 e 1997 na Série A e 1998 na Série B), mas só os dois últimos valeram.

A CBF já divulgou o calendário para a temporada de 2009, com a inclusão da Série D. A competição – assim como acontecia com a Série C até este ano – terá seus times determinados por critérios das federações estaduais.


Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: