História FJV

::SÉCULO XX: Anos 60, enquanto o futebol alegrava o povo, os políticos construíam suas obras faraônicas endividando a nação. Dentro dos clubes, os torcedores eram submissos, acríticos e comprometidos com os cartolas. Inspirados nos movimentos estudantis que pediam o fim da Ditadura Militar, surgiram no Brasil várias torcidas jovens, marcadas por uma outra concepção de torcida organizada e por outros modelos de comportamento e valores para os torcedores.

Em 1969, depois de 11 anos sem conquistar um título estadual, jovens vascaínos decidiram criar uma torcida, o que viria a ser mais tarde, a MAIOR FAMÍLIA DO BRASIL. A nova torcida Vascaína tinha que ser diferente, tinha que ter um nome mais criativo e de impacto. Assim aconteceu, com a presença da palavra FORÇA. Nesse momento nascia a FORÇA JOVEM, criada em 1969, fundada oficialmente no dia 19 de fevereiro de 1970, em um casarão da rua Cônego Tobias n.º 80, no bairro do Méier, de propriedade do saudoso médico e Vascaíno Dr. Guilherme Lopes de Almeida, cujos filhos “Guilherminho” e Fernanda também participaram da fundação da torcida, onde funcionou a primeira sede da FJV no porão da casa. A segunda sede da Força Jovem ficava no bairro carioca Cavalcanti. Isso aconteceu no ano de 1992. Depois a sede foi transferida para o bairro Piedade, em 1993. Essa sede era bem estruturada, proporcionando facilidades para os associados. Em 1996, a Força Jovem mais uma vez mudou o local de sua sede. Ela passou a ser no centro da cidade do Rio de Janeiro, mais precisamente na Rua Gonçalves Dias 89.

A primeira faixa foi confeccionada no Méier e foi colocada na grade do Maracanã, atrás do gol, era toda branca com os seguintes dizeres em preto: “VASCO, O MÉIER TE SAÚDA”. Quando o Campeonato Carioca daquele ano iniciou-se, outra faixa foi confeccionada. Nela estava o nome que nos enche de orgulho, e as outras de medo; “FORÇA JOVEM”.

::PRESIDENTES: O primeiro presidente foi o Manoel (1969/1970) que ficou 1 ano e passou a presidência para o Melo (1970), logo substituído por Eli Mendes (que estava desde a fundação). Eli ficou a frente da torcida durante muitos anos (1971/1989), passando a presidência para Roberto Monteiro (1989/1991), que quando assumiu a presidência tinha apenas 18 anos e muitas idéias revolucionárias. Na sua gestão a Força Jovem foi dividida em “Famílias”, ou seja, a torcida foi organizada em bairros, municípios, estados e até mesmo em vários países. Depois quem assumiu a presidência da FORÇA JOVEM foi Antônio Brás (1991/1992), seguido por Márcio Bonfim (Buião)(1992/1993) e novamente Roberto Monteiro(1993). Em seguida a FJV teve como Presidente Marcos Thomaz(Marquinhos)(1993/1994). Depois assumiu a presidência Antônio Brás (1994/97) seguido por Marcelo Mendonça (He-Man) (1997/1998) que deu o primeiro passo para a estrutura de Marketing na torcida, inclusive na Internet onde colocou o 1º site da Força Jovem na rede, seguido por Fernando Leal (1998/1999), Alexandre Lima (Cebola) (1999/2000),Marcelo Granzotto (Zona Sul)(2000/2004), Gustavo Ferreira (Gustavinho)(2005/2006), atual diretoria (Comissão Organizadora – O Resgate da História)!!!!

Até meados dos anos 80, a FORÇA JOVEM e a TOV (1ª Torcida Organizada do Brasil, criada por torcedores no intuito de apoiar o time, diferente da Charanga do Urubu criado por dirigentes que pagavam Salários aos músicos para animarem a Torcida) eram as principais Torcidas do Vasco, tanto em números de participantes quanto o prestígio e poder de influência dentro do clube. Antes da FORÇA JOVEM surgir, a torcida do Vasco começava a encher o Maracanã do meio para atrás do Gol, com o surgimento da FORÇA JOVEM isso mudou, o que aconte hoje em dia é justamente o contrário. Isso mostra o que a FORÇA JOVEM significa e representa para a NAÇÃO VASCAÍNA, a FORÇA veio para ficar e defender o VASCO. No mesmo ano de fundação, o Vasco voltou a ser Campeão Carioca, o Brasil foi Tri Campeão Mundial, o ano de 1970 ficará eternamente marcado na história do futebol.

::CAMISA: A primeira camisa da FORÇA JOVEM era toda preta com gola olímpica e punhos brancos. Na frente a faixa diagonal branca era do lado direito do peito, sendo a cruz de malta do lado esquerdo com três estrelinhas amarelas abaixo dela. Nas costas em fundo preto liso estava escrito FORÇA JOVEM em vermelho, sendo a palavra Força em semi- círculo e jovem, abaixo, em linha reta.

::ANOS 70: A FORÇA JOVEM cria a 1ª Camisa, Faixas e Bandeiras Padronizadas do Brasil, surgem Informativos, Papel Picados, Gritos de Guerra… 1974, numa Quarta-feira chuvosa mais de 130 mil Vascaínos lotaram o Maracanã para ver o 1º Clube Carioca Campeão Brasileiro.


::ANOS 80: A FORÇA JOVEM indiscutivelmente passa a ser a maior Torcida Organizada do Vasco, do Rio de Janeiro e do Brasil…

1980, mais de 120 mil Vascaínos estiveram no Maracanã festejando o retorno do ídolo Roberto Dinamite 5 x Corinthians 2…

1987/88 Bi Campeão Carioca, pela 1ª vez na história do Futebol Brasileiro uma Torcida Organizada leva para os Estádios Sinalizadores e Fumaças Coloridas…

1989, Bi Campeão Brasileiro a FORÇA JOVEM sem apoio da mídia leva mais de 160 ônibus para São Paulo, de acordo com a PM Paulista dos 75 mil pagantes, 30% eram Vascaínos (mais de 20 mil).

Uma inovação da torcida no final dos anos 80, onde os integrantes começaram a entrar pela divisão da arquibancada (após o ritual de entrada das bandeiras) e acompanhando a bateria, cantando os Sambas, além das Músicas criadas pela Torcida, literalmente um desfile a parte.

O principal lema da torcida, foi criado em 1989 na época em que foi feito um recadastramento de seus associados e no verso da nova carteirinha vinha o lema “Vasco por amor, FORÇA JOVEM por ideal”.


::ANOS 90: Um Grupo de Jovens substitui a antiga diretoria Presidida por Eli Mendes que ficou no cargo mais de 15 anos, o novo grupo revolucionou o mundo das Torcidas Organizadas, primeiro veio o mascote “EDDIE” do Grupo Inglês Iron Maiden, depois veio a Letra “GÓTICA” que representa Tradição e Respeito.

Organizaram a Torcida dentro dos Bairros, Cidades, Estados e alguns Países surgindo assim as “FAMÍLIAS” depois vieram as imitações (pelotão, comando, núcleo)…

A FORÇA JOVEM passa a ser a pioneira no Brasil ao levar para as arquibancadas a coreografia e o Grito de Guerra que virou Hino das torcidas, onde os integrantes pulam abraçados de um lado para o outro e soltam o grito “EU SOU DA FORÇA JOVEM EU SOU…).

Depois de completar 20 mil associados, houve um novo recadastramento visando a qualidade que vinha sendo substituída pela quantidade….

As queimas de fogos nos jogos contra o fluminense nas decisões dos estaduais de 1993 e 1994 foram um marco nas comemorações dentro do Maracanã, Vasco Tri Campeão Carioca (Valeu Dener)… 1997 Tri Campeão Brasileiro (Valeu Edmundo)… 1998 Campeão da Libertadores e Carioca no Centenário (Valeu Pedrinho e Mauro Galvão)… 1999 Tri Campeão do Rio x SP … 2000 Tetra Campeão Brasileiro e Campeão da Copa Mercosul (Em São Januário a FORÇA JOVEM deu um Show e o Brasil parou para ver uma Super Cascata de Fogos)…


::SÉCULO XXI: A FORÇA JOVEM possui um Patrimônio invejável:  5 Bandeirões sendo 2 da FJV, 1 de Manaus, 1 do Espirito Santo e 1 de São Paulo; Mais de 100 instrumentos Musicais; 75 Bandeiras Oficiais; Mais de 100 Páginas Dedicadas a Torcida e Suas Famílias na Internet… A FORÇA JOVEM possui mais de 50 mil componentes no Estado do Rio de Janeiro e espalhados no Brasil e pelo Mundo, Organizados em mais de 50 Famílias !!! Por isso não é nenhum exagero afirmar que;

Fonte: Site Oficial FJV

Anúncios

2 Respostas to “História FJV”

  1. FORÇA JOVEM poha /+/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: